Posts

Casa Azul Marca Presença em mais um Ano da Feira Natalina

Há pelo menos duas décadas, a Casa Azul Felipe Augusto marca presença na mais tradicional Feira Natalina do Centro-Oeste. Realizado no Centro de Convenções Ullysses Guimarães, o ‘Bazar do Rema’ chegou à 41ª edição e reuniu trinta e três instituições assistenciais do Distrito Federal entre os dias 14 e 17 de dezembro. Para a presidente da Casa Azul, Daise Moisés, a participação da instituição no evento é primordial para a manutenção das atividades. “A Feira Natalina é muito importante para a instituição, porque faz a complementação dos recursos, inclusive para pagamento do 13º dos funcionários, porque o governo tem atrasado o repasse do convênio e a gente precisa suplementar esses recursos, além disso, o valor, quando repassado, não é suficiente para suprir as despesas. A feira é fundamental inclusive para garantir a festa natalina das crianças atendidas”, afirmou Daise.

Para exposição de artigos natalinos e de decoração, a Casa Azul contou com três stands compostos de grande variedade artesanal como quadros e caixas em artes francesa e boliviana, toalhas de mesa bordadas e impermeáveis, canecas temáticas, jogos de jantar, enfeites natalinos, artigos para vinho, artesanato diverso, além de móveis, utensílios domésticos, roupas, sapatos e outros.

Os recursos obtidos com a venda dos produtos durante a feira são revertidos para as atividades assistenciais das instituições.

Para a realização do evento, a Casa Azul contou com o apoio e patrocínio da Corretora de Seguros BRB, parceira da instituição. “A participação de parceiros como a Corretora de Seguros BRB é essencial para garantir o sucesso do evento, na medida em que nos ajudam a suprir as despesas, além disso a corretora nos apoia durante todo o ano no projeto Entrando na Roda ao viabilizar a confecção dos produtos que são expostos na Feira”, disse Daise.

Sobre a perspectiva de vendas durante o 41ª ‘Bazar do Rema’ Daise declara: “Este ano, a expectativa da receita durante a Feira ficou aquém, acredito que por causa da crise e da data em que foi realizada, muito próxima das festas de fim de ano, ou seja, muitas pessoas já haviam comprado seus produtos natalinos, mas ainda assim a participação da Casa Azul na Feira foi de grande ajuda para a instituição”, finaliza.

 

Voltar